quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

O SORRISO ...

que ela tem
transborda em encantos
obra perfeita
soberba
que me dá
inspirações profundas
pra olhar o sol
liricamente
e
descrevê-lo aos pouquinhos...

Pollyanna!

As madrepérolas eternizadas
dos teus olhos
me deixam assim,
quase sem palavras
mas nutrida ao culto de amar e agradecer.


Rejane Tach

2 comentários:

maria de fatima disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
maria de fatima disse...

Como é linda a forma como descreve o seu rebento. Poly,Poly... que Inveja Boa!
Um grande beijo,amiga!